Em mensagem de fim de ano, coordenadores do ADAPTA comentaram os avanços já conseguidos no projeto

Segue a mensagem na íntegra:

“Queridos amigos do ADAPTA,
Estamos encerrando este ano com muito a comemorar. Ao lançarmos a nova página no INCT ADAPTA, queremos nos congratular com todos aqueles que colaboraram para que o Projeto atingisse o sucesso que atingiu. Foram quatro Programas “Globo Ecologia”, coroando um trabalho lindo com os peixes, com os invertebrados aquáticos, com os fungos e com as plantas aquáticas. Foram ações que acarretaram em formulação de políticas públicas bem como de apoio à luta a favor da conservação da floresta, contra o desmatamento; a favor da ética no uso de animais em experimentação e contra os maltratos na criação em biotérios; a favor do equilíbrio de gêneros e contra ações de desigualdade na ciência. Coroamos o ano com o início dos experimentos no Microcosmos, onde animais e plantas aquáticas já estão sendo incubados nos cenários previstos pelo IPCC para o ano de 2100 (nossa ‘nave’do futuro já foi lançada). Os primeiros dados do SOLiD começam a ser tratados no laboratório de Bioinformática, lá em Coari, no meio da Floresta Amazônica, um sonho – a competência num dos mais remotos rincões do planeta TERRA. De lá sairão dados para análises do transcriptoma de animais e vegetais e suas adaptações ao ambiente modificado pelo homem. Nada disso poderia ter sido realizado sem o apoio financeiro das Agências de fomento FAPEAM, CNPQ e CAPES, é lógico. Mas, o mais importante, nada disso poderia estar sendo realizado sem os seres humanos que participam desta viagem conosco. Fundamental foi sua colaboração amiga, compreensiva com as limitações de todos. Fundamental foi sua participação intelectual. Fundamental será sua companhia para continuar essa jornada. Vamos em frente. Um Feliz Natal a todos vocês e que 2012 seja o Ano de Realizações Profissionais e Pessoais para todos.

Um abraço fraterno.

 

Adalberto Luis Val
Coordenador INCT-ADAPTA

 

Vera Ma. F. Almeida-Val
Coordenadora de Programas Especiais INCT-ADAPTA”

 

Por Márcio Ferreira