Mestranda vai investigar efeitos das Nanopartículas de Óxido de Cobre em peixes da Amazônia

Susana Brás Mota, estudante de mestrado do Programa de Pós Graduação em Biologia de Água Doce e Pesca Interior do INPA, foi aprovada na sua aula de qualificação, ocorrida dia primeiro de outubro de 2015. O título do trabalho é “Efeito de nanopartículas de óxido de cobre e sua interação com o cobre dissolvido, nas respostas ionoregulatórias de Apistogramma agassizii e Paracheirodon axelrodi”, e será conduzido no Laboratório de Ecofisiologia e Evolução Molecular, sob orientação da Dra. Vera Maria Fonseca de Almeida Val. Segundo Suzana,é importante compreender como as nanopartículas agem sobre os processos ionoregulatório em peixes porque esse composto esta sendo cada vez mais utilizado no mercado, inclusive na confecção de tintas e outras substâncias que podem contaminar o meio aquático. O plano de Susana foi aprovado por unanimidade pela banca julgadora, constituída pelos professores doutores Isabel Portus (UFAM), Daiani Kochhann (INPA) e Márcio Ferreira (INPA).