A importância da semana nacional de ciência e tecnologia para o INPA, amigos e colaboradores

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNC&T) surgiu em 2004 com o
objetivo de estabelecer a mobilização da sociedade em relação às pesquisas
científicas, suas contribuições, impactos, relevância e discussão de
resultados. O público alvo deste grande evento científico são crianças,
adolescentes e jovens em idade escolar e universitária. Porém, nestas
últimas edições, atingiu a sociedade como um todo, em todas as classes
sociais e diferentes idades.
Este evento possui grande visibilidade no Brasil e o Amazonas destaca-se
como o estado que mais desenvolve atividades e mobiliza grande parte das
escolas públicas, empresas e a sociedade que se volta para o evento tanto
na capital Manaus, quanto em todas as cidades do interior. O INPA tem
grande relevância e participação nas atividades. O “Portas Abertas’’ é um
exemplo onde a Instituição fica a disposição da população em geral para a
divulgação da inovação da ciência e tecnologia desenvolvida no Amazonas.
Além disso, na SNC&T são intensificadas as atividades de educação
ambiental no “Bosque da Ciência”.
Além de trazer benefícios referentes ao conhecimento científico, outro
aspecto importante é a visibilidade para toda sociedade, a divulgação nos
meios de comunicação e a grande contribuição para o melhor desenvolvimento
da sociedade de forma biopsicossocial. Assim, a SNC&T funciona também como
promotora de “visões de futuro” para o público infanto-juvenil nas
profissões da carreira científica, bem como fortalece o apoio da sociedade
às atividades do nosso Instituto.
Desta forma, o INPA, por meio da Coordenação de Extensão, vem convocar
todos os seus servidores, colaboradores, alunos e estagiários para
participar deste evento de grande importância para a Instituição e a
sociedade do Amazonas, com o desenvolvimento de Palestras, Oficinas,
Minicursos e outras atividades objetivando a popularização da ciência que
é desenvolvida no Amazonas e é referência para toda a sociedade.
Com informações da ASCOM-INPA